A farsa do colesterol
1. Minha vida está muito mal, tanto no aspecto amoroso como no financeiro; acho que fizeram um trabalho contra meu marido para que assim fosse. O que a Umbanda pode fazer por mim?

 "Trabalhos" ou outros tipos de magias só "pegam" nas pessoas se elas estão predispostas para que isto aconteça. Predispostas no sentido de não estarem atentos para a necessidade de uma postura de vida onde prevaleça a brandura, a caridade, a ausência de irritação, a necessária resignação para com muitas coisas que não são mesmo para serem resolvidas e sim serem aceitas, etc.

De qualquer forma, sempre é muito questionável dizer que nos fizeram  isto ou aquilo. Muitas vezes nossos problemas são apenas oportunidades que nos são dadas pelo Pai Maior para que possamos rever algumas coisas e aprender outras. Quando conseguimos descobrir o que cada vicissitude traz escondida em forma de aprendizado, talvez não precisemos mais passar por ela.

A Umbanda não existe para resolver problemas amorosos ou financeiros ou de qualquer outro tipo, especificamente. A Umbanda existe para ensinar as pessoas a amarem e a se conectarem com a espiritualidade superior, o que deverá trazer a paz e o entendimento das leis divinas a cada espírito, especialmente a lei maior de causa e efeito. Nada nos acontece sem uma causa anterior, traçada por nós mesmos. Umbanda é a Lei Divina.

Sugerimos que procure um bom centro, onde possa se aconselhar nesse sentido com as entidades manifestadas na casa.


2. Tenho um amigo que acredita que seus relacionamentos amorosos e sua vida não progridem porque uma pessoa fez "macumba". Pode me ajudar a ajudá-lo?

Sugerimos que o você procure um centro sério em sua cidade onde seu amigo possa ser tratado, mesmo porque, somente uma entidade manifestada, um guia, poderia afirmar tal coisa. Mesmo assim, por uma questão de caridade, os guias ou protetores, não costumam entrar no mérito desta questão, porque se alguém fez alguma coisa para seu amigo, é porque ele "permitiu". Permitiu como? Permitiu através de seu temperamento.
Se somos nervosos, irritados ou gostamos que todas as coisas sejam de nosso jeito e não toleramos muito as contrariedades da vida, estamos sempre vibrando numa freqüência de ondas médias, que é onde nossos desafetos do passado também vibram (o ser humano quando está bem vibra em ondas curtas).
Como dá para se perceber, a maioria das coisas às quais atribuímos a "trabalhos feitos", macumbas, etc, nada mais são que ações de nossos próprios desafetos ou obsessores, na medida que nos sintonizamos com eles em nossos desequilíbrios, mesmo que pequenos.
Resumindo, se seu amigo não melhorar como pessoa, nem mesmo um bom centro poderá fazer nada por ele, pois a melhora que vai obter será apenas passageira, pois no momento seguinte atrairá para seu campo áurico outro obsessor de seu passado.
1. Minha vida está muito mal, tanto no aspecto amoroso como no financeiro; acho que fizeram um trabalho contra meu marido para que assim fosse. O que a Umbanda pode fazer por mim?

 "Trabalhos" ou outros tipos de magias só "pegam" nas pessoas se elas estão predispostas para que isto aconteça. Predispostas no sentido de não estarem atentos para a necessidade de uma postura de vida onde prevaleça a brandura, a caridade, a ausência de irritação, a necessária resignação para com muitas coisas que não são mesmo para serem resolvidas e sim serem aceitas, etc.

De qualquer forma, sempre é muito questionável dizer que nos fizeram  isto ou aquilo. Muitas vezes nossos problemas são apenas oportunidades que nos são dadas pelo Pai Maior para que possamos rever algumas coisas e aprender outras. Quando conseguimos descobrir o que cada vicissitude traz escondida em forma de aprendizado, talvez não precisemos mais passar por ela.

A Umbanda não existe para resolver problemas amorosos ou financeiros ou de qualquer outro tipo, especificamente. A Umbanda existe para ensinar as pessoas a amarem e a se conectarem com a espiritualidade superior, o que deverá trazer a paz e o entendimento das leis divinas a cada espírito, especialmente a lei maior de causa e efeito. Nada nos acontece sem uma causa anterior, traçada por nós mesmos. Umbanda é a Lei Divina.

Sugerimos que procure um bom centro, onde possa se aconselhar nesse sentido com as entidades manifestadas na casa.


2. Tenho um amigo que acredita que seus relacionamentos amorosos e sua vida não progridem porque uma pessoa fez "macumba". Pode me ajudar a ajudá-lo?

Sugerimos que o você procure um centro sério em sua cidade onde seu amigo possa ser tratado, mesmo porque, somente uma entidade manifestada, um guia, poderia afirmar tal coisa. Mesmo assim, por uma questão de caridade, os guias ou protetores, não costumam entrar no mérito desta questão, porque se alguém fez alguma coisa para seu amigo, é porque ele "permitiu". Permitiu como? Permitiu através de seu temperamento.
Se somos nervosos, irritados ou gostamos que todas as coisas sejam de nosso jeito e não toleramos muito as contrariedades da vida, estamos sempre vibrando numa freqüência de ondas médias, que é onde nossos desafetos do passado também vibram (o ser humano quando está bem vibra em ondas curtas).
Como dá para se perceber, a maioria das coisas às quais atribuímos a "trabalhos feitos", macumbas, etc, nada mais são que ações de nossos próprios desafetos ou obsessores, na medida que nos sintonizamos com eles em nossos desequilíbrios, mesmo que pequenos.

Resumindo, se seu amigo não melhorar como pessoa, nem mesmo um bom centro poderá fazer nada por ele, pois a melhora que vai obter será apenas passageira, pois no momento seguinte atrairá para seu campo áurico outro obsessor de seu passado.

Se a pessoa não quer se modificar para ser mais feliz e portanto se distanciar de seus desafetos do passado, as entidades estariam interferindo no livre arbítrio da mesma (fazendo por ela o que seria de sua obrigação,  pois afinal estamos nesta nova vida para nos libertarmos dos antigos defeitos), o que se caracterizaria como magia negra.



 
.




A farsa do colesterol
- mitos e verdades sobre o risco cardíaco -

Estas informações não têm a intensão de substituir o parecer médico.
 São as novidades que você não pode deixar de saber para discutir com seu médico.
Não deixe de tomar seus remédios e também não se auto medique.

Você sabia que existe atualmente um fenômeno que está sendo chamado de "indústria do colesterol"? De cada 14 pesquisas realizadas em universidades americanas 12 são patrocinadas pelos grandes laboratórios. Apenas aqui no Brasil vendem-se mais de um milhão de caixinhas de remédios para seu controle a cada mês, especialmente as chamadas estatinas.
Médicos do mundo todo estão mudando suas posições sobre quais quantidades de colesterol são benéficas ou maléficas à saúde. Seria mesmo o colesterol o grande vilão como é anunciado?
Existiria outra substância a qual poderia ser creditado o verdadeiro risco cardíaco? Se sim, por qual razão ela não é anunciada de forma compreensível?
Nos textos abaixo disponibilizamos as constatações de médicos dignos de toda credibilidade falando sobre o assunto. Não deixe de ler. Sua saúde merece.
  • - colesterol  
  • - homocisteínas
  • - estatinas
  • - riscos das estatinas
  • - dicas e alimentos recomendados

Sobre colesterol e estatinas:
www.umaoutravisao.com.br/secoes/Colesterol/perigostatins.htm

O escândalo do colesterol:

www.drbayma.com/a-campanha-do-colesterol-e-simplesmente-o-maior-escandalo-medico-do-nosso-tempo-diz-ravnskov/

Sobre as homocisteínas:

www.drbayma.com/a-homocisteina-e-considerada-um-fator-de-risco-cardiaco-pior-do-que-o-colesterol


Observação importante:
Peça ao seu médico uma dosagem de homocisteína.
Pesquisas recentes apontam que para constatar baixo risco cardíaco
ela deve estar abaixo de 6.
(mesmo com os padrões sugerindo que o normal seria até 13 ou 15)
1. Os mitos do colesterol
Link do pdf free deste livro tem 3 capítulos traduzidos:
lipidofobia.blogspot.com.br/2014/09/livro-sobre-mitos-do-colesterol-on-line.html

2. Ignore a estranheza: como os mitos do colesterol são mantidos vivos
Dr. Uffe Ravnskov
Médico cirurgião e clinico geral dinamarques, 81 anos.
Professor da Universidade de Lund.
Pesquisador independente desde 1979.
Autor de muitos artigos e 11 livros sobre colesterol.
Um dos mais reconhecidos especialistas no assunto.
Resumo dos alimentos que podem ser ingeridos no auxílio da regularização das gorduras (colesteróis e triglicérides) e outras dicas

- farelo de aveia: 2 colheres por dia (ou aveia - 5 colheres por dia)
 
- proteína de soja: 25 g por dia - pode ser feita como carne moída ou ser usado o leite de soja sem açúcar
 
- fitoesteróis:
- sementes de girassol (pequena porção)
- iogurtes (ler no rótulo se tem fitoesteróis) - 1 pote/dia

 
- antioxidantes: 
- vegetais escuros (os melhores: couve, couve de Bruxelas, espinafre)

- frutas (os melhores: cereja, amora, uva, morango, jabuticaba, maçã - mas podem ser outras como melão, damasco, manga, melancia, tomate) - 3 porções/dia (são ricos em flavonoides). Na falta destas usar frutas cítricas.
- sementes
- castanhas (oleaginosas em geral como nozes, por exemplo - 5 ou 6/dia)
- ervas (orégano/cravo/alecrim)
- grãos (linhaça/soja) - pode ser usada em forma de farinha salpicada nas frutas ou iogurte
- suco de uva integral
- chás (especialmente o verde)
- chocolate: é ótimo para aumentar o bom colesterol e diminuir o ruim. Além de combater hipertensão, trombose, ateromas (placas de gordura nas artérias), inflamações. Tem também B6 e B12 (que ajudam a controlar as homocisteínas). Rico em flavonoides e polifenóis. Mas precisam ser acima de 55% de cacau. Até 40g/dia. Quanto menos processado melhor (os caseiros). Verificar nos ingredientes se a massa de cacau vem em primeiro lugar.

- café (anti-hipertensivo) - até 5 xícaras/dia
- legumes (os melhores: batata doce roxa, cenoura, abóbora, beterraba com casca, batata com casca)

 
- ômega 3: - peixes como sardinha, salmão ou atum (pode ser de latinha na água) - 180g/semana
 
- evitar açúcar: bom especialmente para o controle dos triglicérides - pode usar sucralose, por exemplo
 
- diminuir o carboidrato simples: bom especialmente para o controle dos triglicérides - dar preferência aos integrais em arroz, pães, macarrão - não usar dois carboidratos na mesma refeição. Verificar nos ingredientes se a farinha integral é a primeira da lista.
 
- usar mais azeite: extra virgem e quanto menor a acidez melhor - de preferência abaixo de 0.5%

- alimentos termogênicos: são aqueles que aceleram o metabolismo das gorduras, especialmente as abdominais, onde se acumula a perigosa gordura chamada de ruim. Selecionamos os que se destacam.           Clique em cada um e saiba mais.